Menu
16 NOV
Rodapés: tipos, dicas, tamanhos e cores
Rodapés: tipos, dicas, tamanhos e cores

O rodapé tem como função primordial proteger a parte inferior da parede contra danos e proporcionar um acabamento mais bonito ao piso, garantindo um visual encantador.

Mas, há quem fique na dúvida na hora de comprar rodapé, sem saber como escolher a melhor opção. Esse é o seu caso? Então, conheça aqui os principais tipos e dicas sobre como utilizá-los, para ter um resultado funcional e encantador no imóvel.

 

Tipos de rodapé

 

Entre os principais tipos de rodapé existem alguns que se destacam e são mais utilizados, como:

 

- Rodapé de PVC

Trata-se de um material com excelente durabilidade, mantendo-se em bom estado por mais tempo. Há diferentes cores de rodapé PVC, o que possibilita inovar na decoração e trabalhar com tonalidades que fogem do óbvio.

O produto é resistente à umidade e infestações por cupins, além de vir pronto para uso, sem necessidade de pinturas. O melhor é seu preço, que é acessível, e a versatilidade do produto, uma vez que pode ser instalado em diferentes cômodos.

 

- Rodapés de pedra

É o caso do granito, mármore e porcelanato, que estão entre os favoritos quando a ideia é tornar o ambiente sofisticado. Esse tipo é bastante versátil e pode ser instalado em áreas secas ou molhadas, como salas, cozinhas e banheiros.

Ainda há um ponto que se deve levar em consideração ao investir nesse tipo: o preço mais elevado, o que acaba por encarecer a finalização e acabamento da obra.

 

- Rodapés de cerâmica

A versão em cerâmica é a mais conhecida e tradicional. Ela está disponível em tamanhos diversos e numa ampla gama de cores. Como é versátil, pode ser instalada em ambientes secos e úmidos.

Seu diferencial está no preço, já que a cerâmica tem valor mais em conta. Por isso, o rodapé de cerâmica pode ser uma boa opção para quem busca economizar na obra ou reforma.

 

- Rodapés de madeira / MDF ultra

O rodapé de madeira ou MDF ultra é mais tradicional e perfeito para ambientes com decoração clássica. Ao escolher pelo produto a partir da madeira, atente-se para riscos de menor durabilidade, já que ela é suscetível a cupins e umidade. Além disso, ela possui aplicação restrita, podendo ser utilizado somente em áreas secas, como salas e quartos.

Já o MDF Ultra corrige as limitações da madeira. Em seu processo de fabricação ele recebe aplicação de resina resistente a pragas e umidade. Outra vantagem é o custo, abaixo do modelo de madeira tradicional. Quer saber mais? Clique aqui.

 

 

Tamanho do rodapé                      

Os variados tipos de rodapé estão disponíveis em tamanhos pequenos, médios e grandes. Afinal, quando é correto utilizar cada um deles? Simples: as versões média e grande são perfeitas quando o pé direito do imóvel é alto.

Caso o pé direito não seja maior, o que costuma acontecer principalmente em apartamentos novos, opte pelo rodapé pequeno. Assim, passa-se a impressão visual de que a altura da parede é maior.

 

Cores do rodapé

Há rodapés de diferentes cores, desde as neutras até as vibrantes. No entanto, qual utilizar? Se sua decoração for clássica, prefira rodapés em tons como o branco ou terroso. Caso seja moderna, uma tonalidade vibrante é uma opção supercriativa.

Somente tome cuidado com um detalhe: o tamanho do pé direito do imóvel. Se for menor, procure utilizar um rodapé na mesma cor da pintura parede, o que dará a impressão de que ela é maior.

 

Você também poderá se interessar por...

>> Qual é o melhor tipo de rodapé para cada ambiente

>> Rodapé de madeira maciça x rodapé MDF

>>  Quais são os tipos de piso vinílico?

Informativo Ruffino


Veja todos os Informativos

Ligue Agora